O Criajazz – Festival Novo Jazz arranca no domingo, dia 21, em Leiria, com concertos de jazz ao ar livre no centro histórico da cidade, até agosto, anunciou a organização.

A organização é do grupo de teatro “O Nariz”, que está impedido de abrir ao público o seu espaço devido à pandemia de Covid-19. Tradicionalmente, no verão, o grupo organiza ciclos de jazz, que agora são apresentados em modo de festival, para apresentar a Leiria valores sólidos do jazz nacional.

Segundo “O Nariz”, o festival dá corpo a 15 anos de promoção ao jazz que tem sido feita no palco do grupo de teatro ao jazz, tendo o programa a particularidade de todas as formações integrarem pelo menos um músico natural ou com ligações ao distrito de Leiria.

Criajazz está integrado no projeto Leiria Cidade Criativa da UNESCO e vai decorrer no Centro Cívico – onde ficará instalada a Casa da Cidade Criativa da Música -, no “coração” do centro histórico, sempre aos domingos e com entrada livre, mas com lugares limitados aos bilhetes existentes, emitidos segundo as normas da Direção Geral da Saúde.

O arranque é no domingo, com concerto do trio do vibrafonista Paulo Santo, dia em que será inaugurada a Casa da Cidade Criativa da Música. O Vasco Pimentel Trio atua a 26 de julho.

Em agosto, o pianista Daniel Bernardes atua a solo no Criajazz dia 9, enquanto dia 23 o palco é de Zé Vieira e Marta Garrett.