Um grupo de alunos do mestrado integrado em Arquitetura da Faculdade de Ciências e Tecnologias da Universidade de Coimbra foi desafiado a observara praia de São Pedro de Moel e a propor um conjunto de ideias para o desenvolvimento e futuro sustentável da praia.

A iniciativa partiu da Associação para a Promoção do Turismo de São Pedro de Moel e está a concretizar-se mediante um protocolo entre esta entidade, a Câmara Municipal da Marinha Grande e a Universidade de Coimbra.

Desde o ano passado que os estudantes se encontram a trabalhar neste projeto e, este sábado, os resultados ficam expostos no jardim do Bambi. A exposição Visôes Urbanas I é inaugurada às 18h30 e os trabalhos ficam expostos até outubro próximo. Em complemento com os painéis expositivos do exterior, ficarão alojados no Posto de Turismo uma maqueta geral e algumas das maquetas das soluções individuais dos estudantes, bem como um ecrã para passagem dos relatos áudio e vídeo que complementarão a informação dos painéis.

Na página de Facebook do projeto é salientado que, a partir deste exercício, “pretende-se que possam ser apontadas linhas de orientação e de desenvolvimento integrado, e promovida uma visão estratégica territorial, dada por uma nova geração, de forma descomprometida e independente”.

Ao mesmo tempo este projeto deve levar à correção do que os promotores descrevem como “graves erros de licenciamento e promoção imobiliária mais recentes” e colmatar “a inexistência de um conceito coerente e efetivo para reabilitar e valorizar o riquíssimo património natural que se encontra expectante há demasiado tempo”.

A classificação patrimonial para o conjunto natural e construído é uma das ideias que, no âmbito deste projeto, já foi apresentada.