O município de Leiria está a desenhar um conjunto de 18 passeios pelas freguesias do concelho, envolvendo juntas, ranchos e filarmónicas, avançou a vice-presidente da autarquia, Anabela Graça.

Intitulada “Passeios Culturais de Verão”, a proposta pretende dar a conhecer histórias locais, com uma programação que integre momentos de música e dança, ajudando a promover o turismo e a dinamizar ranchos e filarmónicas, cuja situação atual preocupa a Câmara de Leiria

Anabela Graça, que tem os pelouros da Educação e Cultura, assume que o efeito da pandemia está a ser “muito difícil” para os muitos ranchos e filarmónicas do concelho, atualmente paralizados devido à Covid-19:

“É um tempo muito difícil para eles, mas vão conseguir superar. Temos de continuar a ajudar bastante”, disse ao REGIÃO DE LEIRIA no domingo, 7 de junho, à margem da cerimónia em que se assinalaram os 37 anos do Rancho Folclórico da Barreira.

Os passeios vão decorrer em julho e agosto, aos sábados e domingos, e serão planeados conjuntamente com os presidentes de junta, de modo a “mostrar o património imaterial das freguesias”.

Os percursos vão integrar atrações de cada um desses territórios relativos ao património natural, percursos pedestres, monumentos e etnografia.

Durante os “Passeios Culturais de Verão” haverá apontamentos de música e dança em pontos específicos, protagonizados pelos ranchos e filarmónicas da freguesia.

Anabela Graça explica que esta será uma forma de ajudar estas instituições. “Tentamos, com o ProLeiria, avançar 60% do valor do apoio para que pudessem cobrir despesas que tenham com rendas, água, eletricidade, mas é preciso fazer mais”.

O novo programa de passeios visa, assim, por um lado ajudar os ranchos e filarmónicas que ficaram sem qualquer atividade nos próximos meses e, por outro, criar roteiros que possam atrair visitantes.

“Queremos divulgar esses roteiros no Visit Leiria, para que qualquer pessoa os possa experimentar, de forma autónoma”, sublinha a vice-presidente do município. Desta forma será possível “contar várias histórias, a partir do aprofundamento do conhecimento local”.

Ainda de acordo com a vereadora, a autarquia está disponível para ouvir propostas de ranchos e filarmónicas “para realização de pequenos momentos culturais”, de modo a integrá-los “em futuros eventos”.

Entretanto, já este domingo, 14 de junho, os ranchos dos Soutos da Caranguejeira e de S. Guilherme vão mostrar as tradições da região da Alta Estremadura no projeto Comboio d’Artistas, que vai itinerar pela cidade de Leiria.