Quatro treinadores, mais de 45 jogadores, cerca de dez funcionários e várias empresas da região estão entre os credores que reclamam dívidas à SAD do CD Fátima, avaliadas em mais de 600 mil euros.

Artigo exclusivo para os nossos assinantes

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar