A Câmara da Batalha declarou hoje dois dias de luto municipal pela morte do antigo diretor do Centro de Saúde da Batalha e ex-comandante da corporação local de bombeiros, Manuel Pereira Órfão, que faleceu na noite da última quinta-feira.

Manuel Órfão

O clínico tinha 69 anos, e para além das funções na corporação de bombeiros e no centro de saúde da Batalha, Manuel Órfão fora autarca e, mais recentemente, diretor clínico do Hospital Nossa Senhora da Conceição, da Misericórdia da Batalha.

“É com grande pesar e consternação que tomamos conhecimento do falecimento, na passada noite do dia 20 de agosto, do antigo Diretor do Centro de Saúde da Batalha, ex-comandante dos Bombeiros Voluntários da Batalha e ex-autarca, o médico Manuel Pereira Órfão”, refere nota do município divulgada esta manhã.

O município declarou luto municipal para esta sexta-feira, dia 21 e amanhã, sábado, dia 22. 

A medida foi determinada “pelo seu reconhecido empenho e denodo, aliado a uma dedicação extrema à causa pública, bem assim pelo inegável contributo para os cuidados de saúde primários e hospitalares”, aponta a autarquia.

Entretanto, o município de Leiria emitiu uma nota a lamentar a morte do médico.

O Município de Leiria “lamenta profundamente a morte de Manuel Pereira Órfão, de 69 anos, natural de Martinela, Arrabal, e residente em Caranguejeira”, adianta a nota divulgada ao início da tarde desta sexta-feira.

A autarquia de Leiria lembra que Manuel Pereira Órfão “era presidente da Assembleia de Freguesia da Caranguejeira, tendo assumido, ao longo da sua carreira, diversos cargos públicos, que exerceu com grande empenho e dedicação”.

Nota: Notícia atualizada às 12h42 com referência à nota da autarquia de Leiria.