Um espetáculo de emoções, mas também “de afetos, de abraços” é a promessa de Fafá de Belém para o espetáculo de hoje, 9 de agosto, às 21h30, a partir do auditório do Centro de Estudos de Fátima, com transmissão ao vivo.

“A intenção é falar de fé, de amor, de alegria, de vida. De vida e dos milagres que a vida nos traz”, afirma. E, para a artista que cantou para três Papas (João Paulo II, Bento XVI e Francisco) e que participou na ‘Missa da Esperança’ (em Fátima), “cantar em Fátima, num domingo, dia do meu aniversário, dia do pai, é muito especial”. Um “grande presente” para quem está há quatro meses confinado, e acompanha com “preocupação” a situação da Covid-19 no Brasil.

rosto da cantora brasileira Fafá de Belém
Fafá de Belém é filha de emigrantes portugueses. Foto: Miro de Souza

Em palco, o repertório inclui temas que habitualmente canta no Círio de Nazaré, em Belém do Pará, (a artista já cantou no Santuário da Nazaré, em 2012) mas também canções do padre Fábio de Melo, de Roberto Carlos que falam da fé, de Paulo Gonzo, Rui Veloso e dos Deolinda. A filha, Mariana, juntar-se-á também em palco para cantar alguns temas.

“Vamos fazer um grande abraço” com passagem pelos sucessos da sua carreira de 45 anos, mas também fado, numa homenagem a Amália no centenário do seu nascimento. “Quero que as pessoas se sintam como se estivessem na minha casa, num sarau, numa tertúlia onde se canta, se comemora, se emociona, se chora, se ri, e se vai para casa feliz”. Com plateia esgotada presencialmente, os bilhetes virtuais podem ser adquiridos em www.bol.pt e o concerto visto através da plataforma Cliveon (www.cliveon.pt).

Filha de emigrantes portugueses, a ligação a Portugal conta com 36 anos de estrada e concertos de norte a sul do país. Em Leiria, em outubro de 2019, o espetáculo “Fafá de Belém e as Guitarradas do Pará” teve “a melhor plateia que nós já tivemos no espetáculo das guitarradas”, sublinha.