O Instituto Educativo do Juncal anunciou a aplicação no ensino pré-escolar da metodologia da Aprendizagem Integrada de Línguas e Conteúdos/Content and Language Integrated Learning.

A instituição “considera que a aprendizagem da língua inglesa é um instrumento essencial de acesso e de apropriação do conhecimento, e depois de uma aposta ganha nas turmas de 1.º, 2.º e 3.º ciclos do projeto Grow”, decidiu estendê-la ao pré-escolar, com abertura marcada para o dia 1 de setembro.

“A valência do pré-escolar será a base de uma aprendizagem desenvolvida com metodologias ativas e que privilegia o inglês, integrando-o com naturalidade nos projetos e temáticas desenvolvidas”, explica o instituto em comunicado.

O estabelecimento utiliza, desde 2018, “uma metodologia inovadora aplicada em países da União Europeia no domínio da Aprendizagem Integrada de Línguas e Conteúdos/Content and Language Integrated Learning, que associa a aprendizagem de uma segunda língua ao ensino de certos conteúdos disciplinares e temáticas transversais a todas as áreas curriculares”.

Com base nesta metodologia, “as crianças são convidadas a realizar outras atividades e tarefas enquanto aprendem o inglês de forma natural. Esta imersão parcial visa incentivar a criança a adquirir competências básicas na área da comunicação, com especial ênfase para a compreensão e oralidade, tendo em conta a aprendizagem futura da leitura e da escrita”, explica o Instituto Educativo do Juncal.

No pré-escolar ou no 1.º ciclo, os alunos a partir dos cinco anos podem realizar o exame da Cambridge, adequado à idade, pois o instituto é parceiro da Cambridge Assessment English.

No pré-escolar, no âmbito do projeto Grow, são recriados numa sala espaços que simulam a vida “lá fora” adaptados à escala dos mais pequenos. Para além de outros espaços, como a quinta e a horta pedagógicas e o apartamento da escola onde podem aprender tarefas domésticas.

“A isto chama-se Edutainment, ou seja, educação através do entretenimento. Experimentar profissões, fazer compras, organizar um espaço, manipular utensílios, preparar alimentos, são atividades que desenvolverão a brincar”, conclui o instituto.