Durante o mês de outubro, a Cáritas Diocesana de Leiria está a promover uma campanha de recolha de bens alimentares não perecíveis, com o objetivo de entregar às famílias da região que apoia.

A iniciativa surge enquadrada no Dia Mundial da Alimentação, que se comemora esta sexta-feira, dia 16, e decorre até ao final do mês.

Segundo a Cáritas de Leiria o número de pedidos de ajuda por parte de famílias necessitadas tem aumentado. Em 2019, refere a Cáritas, foram apoiadas, no total, com apoio directo em bens alimentares 575 famílias, ou seja, 1.541 pessoas, enquanto este ano e até ao mês de setembro, a instituição já ajudou, a nível alimentar, 347 famílias, o que corresponde a 957 pessoas.

Segundo a organização social, o aumento de pedidos está relacionado com a pandemia da Covid-19, pois as famílias “viram os seus recursos económicos reduzidos, em virtude da perda de rendimento”.

Com esta campanha, a instituição aproveita a data mundial para “consciencializar a opinião pública sobre questões relativas à nutrição e à alimentação”.

Os bens alimentares podem ser entregues, a título individual ou empresarial, na sede da Cáritas Diocesana de Leiria, na rua Francisco Pereira da Silva (próximo do Seminário), todos os dias úteis entre as 9h30 e as 12h30 e das 14h30 às 17h30.

Também na Marinha Grande, “pretendendo consciencializar toda a família do Judo Clube da Marinha Grande para a necessidade de adotar uma atitude alimentar responsável e sustentável, no sentido de contribuir para a redução do desperdício alimentar”, o clube está a promover até final do mês uma campanha de angariação de alimentos.

A iniciativa integra o Projeto “Todos Pela Marinha”, no qual o Judo Clube da Marinha Grande é parceiro, solicitando às famílias dos atletas “que, se possível doem alimentos passíveis de ser entregues às famílias mais carências da Marinha Grande”.