Assinar
Porto de Mós

Deputados recomendam obras na escola com salas “geladas no inverno” e “quentes no verão”

Parlamentares do PSD apresentaram recomendação ao Governo para que sede do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós receba obras “urgentes”.

“As salas de aula são geladas no inverno e insuportavelmente quentes no verão”. Este é um dos argumentos esgrimidos pelos 20 deputados do PSD que decidiram avançar com uma recomendação ao Governo.

E o que recomendam? Que avancem, quanto antes, obras de reabilitação e ampliação da Escola Secundária de Porto de Mós.

A apresentação do projeto de resolução que “recomenda ao Governo que promova, com urgência, a ampliação e reabilitação” daquela escola sede do Agrupamento de Escolas de Porto de Mós, foi hoje anunciada.

Escola necessita de ser requalificada e ampliada defendem os deputados Foto de arquivo: Joaquim Dâmaso

No projeto, os parlamentares referem que a escola com mais de 40 anos, frequentada por cerca de 700 alunos, “tem vários problemas de segurança e de desconforto térmico pelo que requer uma tomada de decisão, urgente na sua reabilitação e ampliação”.

Coberturas de amianto nos sete blocos da escola, bem assim o “estado de degradação” de várias zonas da escola, que incluem muros de sustentação de terras “em perigo de ruir” e pavimento exterior em más condições, “colocam em causa a segurança dos seus utilizadores”, argumentam os parlamentares.

Os deputados social-democratas responsáveis pelo projeto de resolução, recordam ainda que a Câmara de Porto de Mós e a secretaria de Estado da Educação, discutiram, em janeiro, a requalificação e ampliação da escola, “tendo sido manifestada a abertura  do Ministério da Educação para que a intervenção tão necessária ocorra”.

A autarquia, lembram ainda, já propôs a este e ao anterior Governo que a escola secundária seja ampliada e requalificada para que possa receber os alunos que frequentam uma outra escola vizinha, situada na Corredoura.

Trata-se da Escola Básica Dr. Manuel de Oliveira Perpétua, do mesmo agrupamento de escolas. É que “também esse edifício necessita de obras de requalificação que são da responsabilidade do Ministério da Educação”, frisam.

Com a deslocação dos alunos do quinto e sexto anos de escolaridade que frequentam a escola da Corredoura para uma ampliada e requalificada sede do Agrupamento, seriam asseguradas “melhores condições de ensino e aprendizagem viabilizando a melhor articulação pedagógica entre ciclos de escolaridade”, defendem ainda os deputados.

É, reforçam, “absolutamente premente, indispensável e urgente a realização da ampliação e requalificação da Escola Secundária de Porto de Mós”.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.