Assinar
Leiria Exclusivo

Vespa asiática. Praga está descontrolada e elas estão a aproximar-se de nós

São grandes, picam com força quando provocadas e arrasam colmeias para alimentar as crias. As asiáticas (ou velutina) provocam prejuízos aos apicultores do distrito e agora estão a entrar nos núcleos urbanos. Fomos acompanhar uma ação de neutralização de um ninho desta vespa cuja propagação está descontrolada.

Todos os dias Vitorino Guerra, que mora no centro de Leiria, apanha no quintal uma mão-cheia de vespas asiáticas (na foto ao lado). A praga está alastrar a zonas com presença humana, mas o naturalista entomologista Albano Soares, da associação Tagis, diz que só quem é alérgico ao veneno tem razões sérias para temer. “A picada de uma abelha é mais dolorosa porque tem um veneno desenvolvido ao longo de milhares de anos para afastar inimigos poderosos, do tamanho de um urso, enquanto o veneno da velutina serve para afastar outros insectos Fotografia: Joaquim Dâmaso

Há dias em que as apanha à meia dúzia no quintal. É assim há meses no centro histórico de Leiria, onde José Vitorino Guerra vai percebendo que a vespa asiática (ou velutina) está a chegar às cidades.