Assinar


Bombarral

Cinco detidos em operação da PJ que também passou pelo distrito de Leiria

Exploração sexual na mira das autoridades. Operação decorreu em Peniche, Bombarral, Rio Maior, Aveiro e Lourinhã

Faixa da Polícia Judiciária

A Polícia Judiciária (PJ) deteve ontem, quinta-feira, três mulheres e dois homens, suspeitos da prática de crimes de lenocínio e de associação criminosa, numa operação em vários pontos do país e que também abrangeu o distrito de Leiria.

A ação policial, de combate à exploração sexual e associação criminosa, levada a cabo pela Unidade Nacional Contraterrorismo (UNCT) da PJ, teve por base um inquérito titulado pelo DIAP da Lourinhã, decorreu em vários distritos, incluindo o de Leiria.

“Desta ação policial, cujos objetivos foram atingidos, e que teve lugar em Peniche, Bombarral, Rio Maior, Aveiro e Lourinhã, resultou a efetiva detenção fora de flagrante delito, de cinco indivíduos, três mulheres e dois homens, pela indiciada prática de crimes de lenocínio e de associação criminosa”, adianta a Polícia Judiciária em comunicado hoje divulgado.

Esta ação implicou o cumprimento de vários mandados de busca, domiciliária e não domiciliária, bem como de cinco mandados de detenção fora de flagrante delito.

Com idades compreendidas entre os 25 e os 66 anos, os arguidos foram presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial, desconhecendo-se, para já, as medidas de coação determinadas.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.