Assinar Edições Digitais


Bombarral

Cinco detidos em operação da PJ que também passou pelo distrito de Leiria

Exploração sexual na mira das autoridades. Operação decorreu em Peniche, Bombarral, Rio Maior, Aveiro e Lourinhã

Faixa da Polícia Judiciária

A Polícia Judiciária (PJ) deteve ontem, quinta-feira, três mulheres e dois homens, suspeitos da prática de crimes de lenocínio e de associação criminosa, numa operação em vários pontos do país e que também abrangeu o distrito de Leiria.

A ação policial, de combate à exploração sexual e associação criminosa, levada a cabo pela Unidade Nacional Contraterrorismo (UNCT) da PJ, teve por base um inquérito titulado pelo DIAP da Lourinhã, decorreu em vários distritos, incluindo o de Leiria.

“Desta ação policial, cujos objetivos foram atingidos, e que teve lugar em Peniche, Bombarral, Rio Maior, Aveiro e Lourinhã, resultou a efetiva detenção fora de flagrante delito, de cinco indivíduos, três mulheres e dois homens, pela indiciada prática de crimes de lenocínio e de associação criminosa”, adianta a Polícia Judiciária em comunicado hoje divulgado.

Esta ação implicou o cumprimento de vários mandados de busca, domiciliária e não domiciliária, bem como de cinco mandados de detenção fora de flagrante delito.

Com idades compreendidas entre os 25 e os 66 anos, os arguidos foram presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial, desconhecendo-se, para já, as medidas de coação determinadas.