Assinar Edições Digitais
Futebol

Leiria: O último relvado do Euro 2004 está a ser substituído

Dos dez estádios nacionais que receberam o Euro2004, apenas Leiria mantinha o relvado original. Problemas no tapete natural foram visíveis no último jogo transmitido na televisão.

Era o último relvado, a nível nacional, que ainda se podia vangloriar de ter recebido jogos do Euro 2004.

Esta semana, esse “título” chegou ao fim. O relvado do estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria, está a ser substituído na totalidade, uma intervenção que custará ao município cerca de 100 mil euros.

“Este relvado é o original desde o Euro 2004, e devido ao seu estado foi decidido proceder à sua substituição”, confirma o vereador Carlos Palheira ao REGIÃO DE LEIRIA.

Os trabalhos devem estar concluídos no final da próxima semana e o novo tapete verde ficará pronto a utilizar.

Na decisão de substituir o relvado natural contribuiu também a realização da final four da Taça da Liga, de 16 a 23 de janeiro de 2021, no estádio de Leiria. “Era também nossa intenção dar melhores condições aos praticantes que vão estar nesta importante competição futebolistica”, afirma o vereador do desporto.

A Câmara de Leiria não justifica qual é “o estado” do relvado, mas o REGIÃO DE LEIRIA sabe que, nas últimas semanas, na sequência de um tratamento, a quase totalidade do tapete ficou danificada, apresentando uma cor acastanhada e com falta de relva em várias zonas do campo.

O fenómeno foi possível de observar no jogo União de Leiria SAD – ARC Oleiros, transmitido na televisão, no dia 17 de outubro, e o relvado não chegou a recuperar, apesar dos vários esforços realizados.

Este fim de semana, a União de Leiria SAD tem jogo agendado para domingo de manhã, em jornada de atraso do Campeonato de Portugal, mas devido à intervenção que está a decorrer na infraestrutura municipal, o jogo terá que ser remarcado para outro campo.