Assinar Edições Digitais
Porto de Mós

1.261 pessoas votaram na última edição do Orçamento Participativo de Porto de Mós

Votação terminou no final do dia da última segunda-feira, dia 30, incluiu a possibilidade de votar online ou presencialmente.

Os seis projetos que foram submetidos à votação no âmbito da edição deste ano do Orçamento Participativo de Porto de Mós, receberam um total de 1.261 votos.

O processo de votação terminou no final do dia da última segunda-feira, dia 30, incluiu a possibilidade de votar online ou presencialmente, nas sedes das juntas de freguesia.

A requalificação da Lagoa da Portela de Vale de espinho, a conservação e restauro da talha dourada da antiga Igreja Matriz de Mira de Aire, a plantação de plantas e arbustos nos terrenos baldios do PNSAC, a via pedonal da Lapa em Alqueidão da Serra, a criação de uma hora comunitária de Porto de Mós e um banco local de voluntariado, foram os projetos submetidos à votação.

Segundo a informação divulgada pelo município, após o encerramento da votação, a edição desde ano do Orçamento Participativo de Porto de Mós contou com 1.261 votantes. Este valor representa uma descida em relação à edição anterior que reuniu 1.402 votos.

“O projeto vencedor será anunciado oportunamente em cerimónia pública”, adiantou a autarquia.

Na primeira edição do Orçamento Participativo foi eleito o projeto “Reabilitação do Campo Desportivo da Chã” com a construção de uma pista de “pumptrack”.

Na edição de 2019, foi eleito o projeto “Construção da envolvente exterior a um ginásio na Escola Secundária de Mira de Aire”.

O primeiro Orçamento Participativo do Município de Porto de Mós, com um valor de 75 mil euros, foi lançado no verão de 2018.