Assinar


Leiria

Mil pessoas pediram 10 mil árvores e arbustos à Câmara de Leiria em ação de plantação

As espécies mais pedidas foram as cerejeiras, medronheiro e alecrim

 Mil pessoas pediram 10 mil árvores e arbustos à Câmara de Leiria no âmbito da iniciativa “Plantar uma Árvore, Cuidar do Jardim”, que hoje termina e que pretende aumentar os espaços verdes do concelho, revelou o município.

“Foram formalizadas cerca de mil candidaturas e solicitadas cerca de 10 mil espécies de árvores e arbustos”, disse à agência Lusa a vereadora Ana Valentim, que tem o pelouro dos Espaços Verdes.

Segundo a autarca, “as espécies mais pedidas foram as cerejeiras, medronheiro e alecrim”, assinalando que “os candidatos são equitativamente distribuídos entre a cidade e freguesias, pelo que o projeto teve alcance concelhio”.

“A Câmara de Leiria equaciona repetir o projeto e direcioná-lo para plantação noutros locais, que não exclusivamente quintais e jardins, considerando que foram efetuadas candidaturas para plantação noutros locais”, adiantou Ana Valentim, esclarecendo que as candidaturas vão agora ser analisadas e, “logo que possível, será agendada a entrega das espécies”.

O município, liderado por Gonçalo Lopes, tinha anunciado no início do mês que estavam abertas as candidaturas para oferta de árvores e arbustos nativos, destinados a residentes do concelho, para plantação em quintais e jardins.

“Plantar uma Árvore, Cuidar do Jardim” é o nome desta ação, que visa “aumentar os espaços verdes do concelho, através da oferta de até 20 exemplares por família, dependendo da área de plantação”, de acordo com uma nota de imprensa.

Os candidatos aprovados devem ter mais de 18 anos e ser proprietários de um jardim ou quintal, “sendo necessário também assumir o compromisso de assegurar a plantação e os cuidados adequados das espécies”.

Para o Município de Leiria, “a iniciativa apresenta diversos benefícios, desde a melhoria da qualidade do ar, a redução da erosão do solo e da poluição sonora até à valorização da paisagem e melhoria do conforto térmico das áreas urbanas, além de promover o bem-estar emocional”, acrescenta a nota de imprensa.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.