Assinar


Leiria

Pena suspensa para homem que abusou sexualmente da filha da companheira em Leiria

O arguido foi condenado a 18 meses de prisão, tendo a pena sido suspensa por igual período

justiça tribunal

O Tribunal Judicial de Leiria condenou um homem de 57 anos a 18 meses de prisão, pena suspensa na sua execução, pelo crime de abuso sexual de que foi vítima a filha da sua companheira.

De acordo com a Procuradoria da República da Comarca de Leiria, o homem foi condenado pela prática de um crime de abuso sexual de crianças agravado, na pena de 18 meses de prisão, suspensa na sua execução por igual período, com regime de prova.

“No essencial, resultou provado que o arguido, no dia 1 de janeiro de 2019, no interior da residência onde coabitava com a vítima, de 13 anos, filha da sua companheira, em Leiria, molestou sexualmente a menor, praticando vários atos de cariz sexual”, refere a Procuradoria numa nota publicada no seu site.

O homem foi absolvido de um segundo crime de abuso sexual de crianças, em relação à mesma vítima, no acórdão proferido em 6 de abril e ainda não transitado em julgado.

O processo, na fase de inquérito, foi dirigido pelo Ministério Público da 1.ª Secção do Departamento de Investigação e Ação Penal de Leiria, com a coadjuvação do Departamento de Investigação Criminal de Leiria da Polícia Judiciária.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.