Assinar
Cultura

Festival de Jazz de Valado dos Frades arranca sábado com dois concertos esgotados

Festival prolonga-se até 5 de junho em palcos como o Cine-teatro da Nazaré, a sala do Clube de Jazz de Valados dos Frades e a marginal da Nazaré.

A edição de 2021 do Festival de Jazz do Valado dos Frades, na Nazaré, começa este sábado, dia 8, com dez concertos, dos quais os dois primeiros já estão com lotação esgotada.

O festival, que cumpre a 24.ª edição e se prolonga até 5 de junho, conta este ano com 10 concertos, em palcos como o Cine-teatro da Nazaré, a sala do Clube de Jazz de Valados dos Frades e a marginal da Nazaré.

O concerto inaugural, protagonizado pela Big Band do Município da Nazaré e FF, acontece no sábado, no cine-teatro da Nazaré, sala que acolherá igualmente o segundo espetáculo do cartaz, a 15 de maio, com Salvador Sobral e Alma Nuestra. Os dois concertos já estão esgotados.

O festival prossegue no dia 23 de maio, com a DixieNaza Jazz Band, ao ar livre, na Marginal da Nazaré, pelas 15 horas. O acesso é livre.

Os restantes concertos da edição deste ano terão lugar em Valado dos Frades, freguesia onde nasceu o festival, com a Sala do Clube a receber o Jeffery Davis Quintet (27 de maio), o Gileno Santana Trio (dia 28), José Pedro Coelho com Passarola Voadora (dia 29) e um concerto comentado de Isabel Rato Quinteto, no dia 30, com acesso livre (mas sujeito a reserva).

Em junho, na mesma sala, a programação inclui LAB – Ricardo Pinheiro e Miguel Amado (dia 3), Sofia Ribeiro Quarteto, no dia 4 e, a fechar o festival, no dia 5, Mário Costa, com Oxy Patina IV.  

O Festival de Jazz de Valados dos Frades nasceu na Biblioteca Instrução e Recreio (BIR), há 32 anos, e foi pioneiro na divulgação deste género música na região do Oeste, primeiro através da realização de concertos pontuais, integrados em outras iniciativas da coletividade, e depois, a partir de 1992, com cartaz próprio, sendo organizado ininterruptamente desde 1999.

Com direção artística do maestro Adelino Mota, e organizado por um grupo de 15 voluntários, o festival descentralizou a programação para apresentar concertos na Nazaré, desde 2017, nomeadamente para a comemoração do Dia Internacional do Jazz, e concertos ao ar livre.

O preço dos bilhetes varia entre os 8 e os 10 euros, com descontos para estudantes e sócios. Conheça aqui o programa do Festival.

Com Lusa

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.