Assinar
Cultura

Dezoito ranchos de Leiria mostram andores, ofertas e fogaças no Agromuseu da Ortigosa

As festas e romarias continuam sem poder realizar-se devido à pandemia, mas no Agromuseu partilham-se tradições com elas relacionadas, na exposição que abre este domingo, dia 27.

O Agromuseu Municipal D. Julinha, na Ortigosa, está a festejar 12 anos e para celebrar inaugura este domingo, 27 de junho, às 15h30, a exposição “Andores, Ofertas e Fogaças”.

A exposição é dedicada às festas e romarias, com a apresentação de andores, ofertas e forças ornamentados por 18 grupos de folclore do concelho de Leiria.

No dia da inauguração será recriada na eira daquele espaço dedicado ao mundo rural a “britada dos pinhões” recreado, pelo Rancho Folclórico Vale do Lis, de Barreiros, Amor.

Sem possibilidade de realizar as habituais festividades típicas da época de verão devido à pandemia, o Agromuseu Municipal envolve desta forma os ranchos na sua missão dedicada à promoção das tradições, usos e costumes que as festas e romarias vão mantendo.

Para isso, os 18 ranchos do concelho empenharam-se com dedicação na ornamentação de todos os andores, ofertas e fogaças presentes na exposição e que serão interpretados na inauguração por Diamantino Gordo.

A exposição e o Agromuseu podem ser visitados de segunda a sexta-feira, das 14 às 17 horas, assim como no domingo, 4 de julho, e nos sábados, 10 e 24 de julho, no mesmo horário.

Participam na exposição os ranchos As Tecedeiras” da Bidoeira de Cima, da Região de Leiria, da Barreira, da Costa (Maceira), da Maceira, de Parceiros, de São Guilherme (Santa Catarina da Serra), do Freixial, do Grupo Alegre e Unido da Bajouca, dos Soutos (Caranguejeira), do Souto da Carpalhosa, Flores de Verde Pinho (Coimbrão), Juventude Amiga de Conqueiros (Souto da Carpalhosa), Roda Viva (Telheiro, Maceira), Rosas da Alegria (Sismaria, Monte Redondo), Rosas do Lis (Carreira), Vale do Lis (Barreiros, Amor) e Típico da Boa Vista.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.