Assinar
Cultura

Bienal Ibérica de Património Cultural procura voluntários em Leiria

Estão abertas as inscrições para voluntários no evento físico da Bienal Ibérica de Património Cultural em Leiria.

Dedicada ao tema “Jovens e Patrimónios”, a edição deste ano da Bienal Ibérica de Património Cultural acontece em Leiria e, para apoiar o evento, a organização está à procura de jovens voluntários.

Ter disponibilidade para ajudar nos quatro dias da conferência, entre 14 e 17 de outubro, e possuir mais de 18 anos são os requisitos principais para participar. As inscrições já estão abertas e o processo é simples: basta ler o regulamento e preencher um formulário.

Assistência de produção, promoção do evento, acolhimento ao visitante, apoio nos “coffee-breaks”, tarefas logísticas e apoio às atividades de educação patrimonial são as funções que os voluntários são convidados a realizar.

Segundo o Município de Leiria, trata-se de uma oportunidade para o voluntário participar em ações de divulgação do património local, para “aprendizagem” e desenvolvimento de “competências comunicacionais” e de “contacto direto com os agentes culturais”.

Além da componente de crescimento pessoal, os voluntários recebem um certificado de participação no final do evento.

A AR&PA Bienal Ibérica de Património Cultural é uma iniciativa referência no setor do Património Cultural, que conta com a realização de várias atividades dedicadas ao tema, juntando profissionais e instituições desta área e chamando várias famílias para participar nos projetos.

Este ano, o evento é realizado pela Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria e acontece em formato híbrido com programação online a decorrer até outubro, mês em que ocorre a conferência em Leiria.

(Notícia corrigida com indicação correta da entidade organizadora do evento, a Comunidade Intermunicipal da Região de Leiria)

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.