Assinar
Leiria

Feiriarte regressa à Bajouca inspirada pela olaria tradicional

A Feira de Artesanato e Atividades Económicas volta a acontecer nos dias 24 e 25 de julho.

A Bajouca já teve dezenas de olarias em funcionamento, chegando a ser uma das maiores produtoras do país. Hoje resistem algumas unidades e é esse legado tradicional, a que se junta a música, gastronomia e artesanato que inspira mais uma edição da Feiriarte – Feira de Artesanato e Atividades Económicas.

Depois da paragem em 2020, aí está a 27ª edição, nos dias 24 e 25 de julho, no centro de atividades da Associação Bajouquense para o Desenvolvimento (ABAD), no Pisão, Bajouca.

As portas abrem às 17 horas do dia 24, encerrando às 22h30. Domingo, dia 25, a feira funciona das 11 horas às 22 horas.

O programa contempla oficinas de olaria e também música de Nuno Rancho, no sábado, e atuação do grupo de concertinas da Bajouca e tocata do rancho folclórico do GAU (Grupo Alegre e Unido) no domingo.

Em comunicado, a ABAD sublinha a importância da Feiriarte para “a sustentabilidade económica e social” da região.

“Aqui mostramos as artes e saberes ancestrais e também os saberes da atualidade”, acrescenta a organização, que pretende, “sob o lema património, cultura e ambiente, e pela preservação do Parque Natural do Pisão, em segurança”, oferecer um fim de semana para “reviver as nossas tradições” cumprindo as normas de segurança relativas à pandemia.

Por isso mesmo, o serviço de alimentação funcionará em regime de take-away, com carneiro, bacalhau e frango no menu. As encomendas devem ser feitas até dia 22, pelo número 910 840 189.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.