Assinar
Sociedade

Politécnico de Leiria com 1.915 vagas para arranque da fase de acesso ao ensino superior

O politécnico da cidade do Lis conta com o mesmo número de vagas desde, pelo menos, 2018

O Politécnico de Leiria mantém o número de vagas nesta fase de acesso ao ensino superior, que arranca no dia 6 de agosto, quando comparado com o ano anterior.

Aliás, a estabilidade no número de vagas nesta fase não de agora: o politécnico da cidade do Lis conta com um total de 1.915 vagas, número que se mantém inalterado, pelo menos, desde 2018.

Os dados foram revelados pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior através da Direção-Geral do Ensino Superior.

De acordo com o ministério de Manuel Heitor, o acesso ao ensino superior para o próximo ano letivo “será iniciado com 52.242 vagas destinadas ao concurso nacional e 721 vagas destinadas aos concursos locais, num número total de 52963 vagas, o que representa um aumento de cerca de 2% face ao número de vagas iniciais disponibilizadas no ano anterior”.

No que se refere ao incremento de vagas, ele é notado fora de Leiria, sobretudo em instituições de Coimbra, Porto e Lisboa.

A totalidade de vagas no Instituto Politécnico de Leiria pode ser conferida no quadro seguinte.

Cursos no IPL e respetivas vagas e notas do último colocado (clique na imagem para ampliar)

No Politécnico de Leiria, o curso de licenciatura de Engenharia Informática, da ESTG, é o que conta com um número de vagas mais elevado, 100. No campo oposto, com 15 vagas cada, Engenharia Mecânica (regime pós-laboral) e Engenharia Eletrotécnica e de Computadores (regime pós-laboral), são os cursos com o menor número de vagas.

Em relação ao ano passado, a única oscilação verificada regista-se no curso de Gestão (ESTG) com o regime pós-laboral a contar com mais 15 vagas (tem agora 37), retiradas ao regime diurno do curso, que passou a ter 80 vagas (contra 95 o ano passado). 

O prazo de candidatura à primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior público decorre entre 6 a 20 de agosto.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.