Assinar
Pombal

Fogo em Pelariga mobiliza sete meios aéreos e mais de 150 bombeiros

Incêndio atingiu uma zona de pinhal e eucaliptal, não havendo habitações em perigo

São sete os meios aéreos destacados para combater o fogo que deflagrou esta tarde perto da localidade de Tinto, na freguesia de Pelariga, em Pombal.

Os dados divulgados no site da Autoridade de Emergência e Proteção Civil indicavam ainda, às 17 horas, a mobilização no terreno de 157 operacionais apoiados por 43 veículos de combate às chamas, de várias corporações dos distritos de Leiria e Coimbra.

O alerta para o incêndio foi registado às 15h19, numa zona de povoamento florestal, de pinhal e eucaliptal.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria adiantou ao REGIÃO DE LEIRIA que o fogo se aproximou de uma zona de habitações mas que estas não estiveram em perigo.

Dois dos sectores onde evoluiu o incêndio “encontram-se em resolução, mantendo-se um terceiro ainda ativo”, referiu a mesma fonte.

As operações envolveram um oitavo meio aéreo que não se encontra de momento no teatro de operações, não estando para já previstos novos reforços.

A evolução do incêndio obrigou ainda, cerca das 16 horas, ao corte de trânsito na A1 nos dois sentidos, entre Pombal e Soure, avançou fonte da GNR.

Meios mobilizados duplicaram em pouco mais de uma hora Foto de arquivo

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.