Assinar
Ourém

PJ detém suspeito de fogo posto em Ourém

O detido é suspeito de ter ateado o incêndio com recurso a chama direta, havendo suspeitas de que seja autor de outras ignições

A Polícia Judiciária anunciou a detenção de um homem, suspeito da autoria de um incêndio florestal que deflagrou dia 13, nas imediações da localidade de Freixianda, concelho de Ourém.

O detido, um homem de 46 anos de idade, desempregado, “ateou o incêndio com recurso a chama direta, havendo suspeitas de que outras ignições naquela zona possam estar relacionadas com o mesmo”, aponta o comunicado da Polícia Judiciária (PJ), hoje divulgado.

Foi através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, em colaboração com a GNR de Ourém que foram recolhidos “elementos de prova que determinaram a detenção, fora de flagrante delito, do autor de um incêndio florestal ocorrido no passado dia 13, nas imediações da localidade de Freixianda”, reforça a nota da Polícia Judiciária.

Ainda de acordo com a PJ, o local do fogo, “insere-se numa vasta região de floresta com uma geografia acidentada de montes e vales onde se localizam pequenas povoações”. Foi a “pronta intervenção dos bombeiros evitou que o incêndio tomasse outras proporções, que pusesse em perigo a vida, a integridade física ou bens patrimoniais de terceiros”, reforça.

O homem detido pelas autoridades foi presente a tribunal tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de obrigação de apresentação periódica a órgão de polícia criminal.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.