Assinar
Autárquicas 2021

Ourém: Luís Albuquerque quer atingir taxa de cobertura de saneamento de 80% no concelho

Presidente da Câmara de Ourém diz estar empenhado, neste mandato, na criação de mais condições para empresas e famílias se instalarem no concelho.

Luís Albuquerque em entrevista ao REGIÃO DE LEIRIA Joaquim Dâmaso

Foi eleito para um segundo mandato à frente do executivo municipal de Ourém e com larga maioria: 62,78% dos votos mas diz estar disponível para aproveitar todas as “boas ideias” que forem apresentadas, independentemente da cor política.

Em conversa com Francisco Rebelo dos Santos, diretor do REGIÃO DE LEIRIA, Luís Albuquerque volta a assumir a sua aposta, nos próximos quatro anos, na valorização do concelho, com medidas direcionadas para as pessoas, as empresas e o ambiente.

“O ambiente é um tema que, nos dias de hoje, tem que estar no centro das preocupações municipais e nacionais”, afirma, justificando com a necessidade de melhorar a qualidade do ar no concelho e continuar a aposta na criação de percursos, trilhos e passadiços. Também o saneamento é um tema que não será descurado.

Salienta que quando chegou ao Município o concelho tinha apenas 47% de taxa de cobertura de saneamento, valor que subiu atualmente para os 60% mas a meta é chegar aos 80%. “Mais do que isso é muito difícil de acontecer tendo em conta a realidade do concelho”, com habitações muito dispersas e de difícil acesso, explica.

Entre as prioridades para o mandato estão as requalificações das cidades de Ourém e de Fátima, a criação de novas zonas industriais, o apoio à natalidade e às famílias e a concretização da ligação IC9 à A1. Para Luís Albuquerque, a elevação de Fátima a concelho é um tema que “não está na agenda” mas começa a estudar com mais pormenor a vinda do Papa Francisco à cidade santuário em 2023, no ano da Jornadas Mundiais da Juventude, que decorrem em Lisboa.

Entrevista realizada a 2 de novembro de 2021.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.