Assinar
Batalha Exclusivo

Diretor aplaude retirada de letreiro junto do Mosteiro da Batalha: mantê-lo “era contrassenso para não dizer disparate”

Havia quem considerasse o letreiro integrado na paisagem e quem entendesse que numa barreira construída para atenuar o ruído, o letreiro corria o risco de se tornar, ele próprio, ruído visual

Letreiro foi colocado em 2018 e retirado em outubro último (foto de arquivo)

A barreira nasceu, no meio da polémica, em 2018 junto ao Mosteiro da Batalha. Três anos depois, ainda alimenta discussão. Primeiro surgiu o “muro” de betão em frente do monumento e, com ele, as críticas.