Assinar
Leiria

Colisão no cruzamento da Barosa provoca um ferido grave

Vítima foi transportada para o hospital de Leiria com uma fratura exposta

Alerta para o acidente foi recebido às 8h55. JOAQUIM DÂMASO

Um homem com cerca de 50 anos ficou gravemente ferido esta manhã na sequência de uma colisão que envolveu duas viaturas ligeiras e um motociclo, na EN 242, no cruzamento da Barosa, concelho de Leiria.

Segundo informação recolhida junto da PSP, a vítima foi transportada em estado “muito grave” para o Hospital de Santo André.

Ao REGIÃO DE LEIRIA, fonte do INEM – Instituto Nacional de Emergência Médica explicou que o sinistrado, condutor do motociclo, sofreu um “traumatismo num membro inferior” com “fratura exposta”.

O alerta para o acidente foi recebido às 8h55 pelo CODU – Centro de Orientação de Doentes Urgentes, tendo sido mobilizadas para o local a Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e uma ambulância do INEM sediadas no hospital de Leiria.

Em consequência do acidente, a circulação na EN 242 ficou temporariamente interrompida/condicionada.

O Comando Distrital da PSP de Leiria esclareceu entretanto, ao início da tarde, que o ferido grave e condutor do motociclo é agente da PSP, que as causas do acidente vão ser investigadas pela Brigada de Investigação de Acidentes de Viação, “que transmitirá as conclusões do inquérito à autoridade judiciária competente.

Em comunicado, acrescenta ainda que a PSP está a prestar o “necessário apoio psicológico aos familiares” do agente ferido.

Acidente envolveu duas viaturas ligeiras e um motociclo. JOAQUIM DÂMASO

O elevado número de acidentes ocorridos no cruzamento da EN 242 com a estrada da Barosa, junto à zona industrial, tem motivado várias reclamações e insistências junto da Infraestruturas de Portugal (IP) para a construção de uma rotunda no local.

O processo avançou no último ano, tendo sido aprovado em novembro passado o projeto de execução da estrutura, considerada prioritária.

O investimento associado ronda os 849 mil euros, devendo a obra, que inclui a beneficiação das ruas dos Petigais e das Acácias, durar cerca de um ano a executar. Caberá a IP comparticipar o projeto até ao montante máximo de 600 mil euros, segundo o protocolo aprovado em abril passado.

(Notícia atualizada às 14h40 com informação de que o sinistrado é um agente da PSP)

Inquérito de satisfação aos leitores

Com este inquérito, o REGIÃO DE LEIRIA tem por objetivo conhecer a opinião dos leitores e melhorar o serviço que presta. Para esse fim, pedimos 5 minutos do seu tempo para responder a um questionário.