Assinar
Sociedade

Catarina Sarmento e Castro é a nova ministra da Justiça

A composição do XXIII Governo foi hoje divulgada na página da Presidência da República. A tomada de posse acontece no próximo dia 30.

Os 17 ministros que irão compor a nova orgânica do Governo foram hoje anunciados na página da Presidência da República. Entre eles, consta Catarina Sarmento e Castro, deputada eleita do PS pelo círculo de Leiria, que irá ocupar o lugar de ministra da Justiça.

Catarina Sarmento e Castro sucede assim a Francisca Van Dunem, que ocupava o cargo de governante há seis anos e já havia reiterado, em novembro de 2021, que não iria integrar o novo Governo, caso o Partido Socialista ganhasse as eleições e António Costa assumisse a função de primeiro-ministro, noticiou à época a agência Lusa.

Catarina Sarmento e Castro tem 51 anos, é natural da Marinha Grande, e filha do falecido deputado Osvaldo Castro. Doutorada, mestre e licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, foi docente da mesma Faculdade desde 1994, sendo, atualmente, Professora Auxiliar.

Desempenhou funções de juíza do Tribunal Constitucional, entre 2010 e 2019, até ser nomeada para secretária de Estado dos Recursos Humanos e Antigos Combatentes no Ministério da Defesa Nacional. Foi ainda membro do Conselho Superior dos Tribunais Administrativos e Fiscais, vogal da Comissão Nacional de Proteção de Dados, e membro do Conselho Consultivo da Procuradoria Geral da República.

Nas eleições legislativas de janeiro de 2022, foi a terceira eleita da lista do PS pelo círculo de Leiria.

A nomeação e posse do XXIII Governo Constitucional acontece no próximo dia 30, depois da tomada de posse da Assembleia da República, dia 29.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar