Assinar
Mercado

Exportações de carne de porco caíram 11,5% com a China a representar perdas acentuadas

Registaram-se 169,03 milhões de euros de faturação do comércio externo, dos quais 76,15 milhões no mercado intracomunitário

As exportações de carne de porco e derivados – que têm um dos seus principais polos na região de Leiria – caíram 11,5% no ano passado em termos globais face ao ano anterior e 15% nos mercados terceiros, segundo os promotores da campanha “Let’s Talk About Pork From Europe”, que citam dados do Eurostat.

“Com perdas acentuadas nas exportações para a China, 2021 foi o ano em que o mercado da Coreia do Sul mais sobressaiu, com um crescimento das exportações de carne de porco para este país a atingir os 570%”, revelam as estatísticas do Eurostat, citadas no comunicado.

Apesar das exportações de carne de porco e derivados “registarem uma quebra de 11,55% no total do valor, houve países que aumentaram as suas encomendas”, saldando-se o ano em 169,03 milhões de euros de faturação do comércio externo da carne de porco, dos quais 76,15 milhões dizem respeito ao mercado intracomunitário, com Espanha a significar 98%.

No que respeita às exportações para países terceiros, foram registados 92,88 milhões no ano passado, com uma quebra de 15% face a 2020. Em termos absolutos, a China foi o país com maior quebra de importações (menos 19 milhões de euros em 2021), apesar de continuar a representar 40% das exportações portuguesas.

“No lado das subidas, o destaque vai para a Coreia do Sul, que teve um acréscimo de 570% no valor exportado por comparação com 2020, tornando-se no 7º país para onde Portugal mais exporta carne de porco e derivados. Cabo Verde e Japão são dois países que também aumentaram as suas importações de carne de porco, pelo segundo ano consecutivo”, destacam os promotores da campanha “Let’s Talk About Pork From Europe”.

No que diz respeito ao Reino Unido, o Brexit teve um “impacto de cerca de 1,5 milhões de euros nas exportações de carne de porco, não havendo registo de saídas de produtos cárneos de porco no 1º trimestre de 2021”, refere o comunicado.

A campanha de esclarecimento “Let’s Talk About Pork From Europe” arrancou em julho de 2020 e decorre até julho de 2022, em Portugal, Espanha e França, dirigindo-se essencialmente a públicos jovens entre os 18 e os 30 anos.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.