Assinar
Leiria

Fevereiro foi muito quente e seco e na região bateram-se recordes de temperatura

Temperaturas bem acima do normal garantiram novo máximo em Alcobaça e Leiria foi terceira entre as capitais de distrito. Previsões são mais promissoras: chuva ainda vai durar

Foi na terça-feira, dia 22 de fevereiro, que os termómetros em Alcobaça atingiram 25,4 graus, temperatura inédita no segundo mês do ano – pelo menos nas últimas quatro décadas e meia – naquelas paragens.

Nesse mesmo dia, Leiria garantia o terceiro lugar na lista de capitais de distrito mais quentes em fevereiro, com 24,5 graus.

Em Alcobaça, foi mesmo quebrado o anterior recorde de 25 de fevereiro de 2019 (25 graus) e atingiu-se o valor mais elevado da série que arrancou em 1978. Ainda assim, o recorde de Alcobaça ficou distante dos 26.3°C atingidos em Zambujeira, marcando o máximo de fevereiro deste ano, no território do continente.

Fevereiro foi “muito quente e extremamente” seco, revela o mais recente boletim climatológico do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A chuva foi tímida e no final do mês a seca meteorológica extrema era já realidade em mais de metade do continente português. Fevereiro 2022 foi o terceiro mais seco desde 1931, com apenas um décimo da precipitação normal. Em Leiria, essa percentagem foi de 9,6%.

Distribuição espacial do índice de seca meteorológica a 31 janeiro (esq.), 15 de fevereiro e 28 de fevereiro 2022 (dir.) (Clique para ampliar) Fonte: IPMA

O mês de março, todavia, tem-se revelado mais generoso em precipitação. E segundo o boletim de previsão alargada do IPMA, no que se refere à precipitação total semanal, “prevêem-se valores acima do normal (1 a 10mm) para a região Sul e interior Centro”, na durante a semana que agora começa e até dia 20. O mesmo se prevê de 21 a 27 de março para o interior sul.

Num boletim que aponta tendências, o IPMA revela que o mês de abril, popularmente batizado como sendo de “águas mil”, deverá arrancar pouco fiel ao batismo.

É que, de 3 a 10 de abril, a tendência aponta para valores de precipitação abaixo do normal. Veremos se a tendência se confirma. O certo é que, em finais de fevereiro, grande parte do território do continente (66,2%) estava em situação de seca extrema, não escapando a quase totalidade do distrito de Leiria a esta situação.

Para já, para os próximos dias, a precipitação continua a dominar as previsões.

Leiria deverá contar com chuva ou aguaceiros até à próxima quarta-feira, com temperaturas máximas a rondar os 16 a 18 graus. Depois, seguem-se dias com menor probabilidade de precipitação e com menos nebulosidade.

Antevendo a chegada da primavera – que acontece domingo, dia 20, às 15h33 -, os termómetros deverão chegar aos 20 graus de temperatura máxima no final da semana.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados