Assinar
Sociedade

Jovem de 15 anos desaparecido desde terça-feira na Nazaré

Mãe do adolescente, residente em Leiria, lançou um apelo público nas redes sociais para tentar encontrar o filho.

agente da PSP
PSP continua a desenvolver diligências no sentido de encontrar o jovem

Um jovem de 15 anos encontra-se desaparecido desde terça-feira, não tendo regressado ao Centro de Acolhimento da Nazaré, onde reside há cerca de dois anos e meio.

Este é o segundo desaparecimento de João Ricardo Batista em menos de uma semana. Segundo a mãe, residente em Leiria, o jovem terá desaparecido uma primeira vez na passada sexta-feira, mas regressou à instituição no sábado.

A mãe do adolescente, residente em Leiria, lançou um apelo nas redes sociais para tentar encontrar o filho.
Mãe de João Ricardo Batista pediu ajuda nas redes sociais para tentar encontrar o filho

Face a novo alerta de desaparecimento, na terça-feira, a PSP adianta ter encetado diligências no sentido de contactar “a família, amigos do jovem e ainda outras forças e serviços de segurança” e desenvolvido ações no terreno para tentar localizar o adolescente.

Em resposta escrita ao REGIÃO DE LEIRIA, o comandante da PSP de Leiria informa que a polícia irá prosseguir “as diligências que julgar necessárias para encontrar o menor desaparecido” e manter contacto com a mãe e a instituição.

Preocupada por não conseguir falar com o filho há já quatro dias e com o facto de ele não estar a tomar a medicação diária de que precisa, a mãe, Elisabete Gaspar, partilhou ontem, quinta-feira, uma publicação nas redes sociais onde apela à partilha de qualquer informação que possa contribuir para encontrá-lo com as autoridades policiais.

Até ao meio da tarde de hoje, sexta-feira, continuava ainda sem notícia do filho.

O REGIÃO DE LEIRIA tentou contactar a direção do centro de acolhimento mas não conseguiu até ao momento.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados