Assinar
Desporto

Seis atletas da região conquistam Supertaça de futebol de praia ao serviço do Sp. Braga

Rúben Brilhante e Bernardo Lopes marcaram dois dos oito golos da primeira edição da prova.

FPF

Seis-três. Não nos estamos a referir ao resultado (5-3) mas sim ao número de jogadores da região de Leiria que hoje, sexta-feira, alinharam no jogo da Supertaça de futebol de praia, entre Sp. Braga e Casa do Benfica de Loures.

Pelos minhotos, os nazarenos Jordan Santos, Rúben Brilhante, Filipe Codinha e Alexandre Batista e os leirienses André Lourenço e Diogo Oliveira. Pelos lisboetas, Tiago Batalha, Bernardo Lopes e Tomás Seixas.

O jogo decorreu ao início da tarde e a vitória pendeu para o Sp. Braga que conquistou o troféu da primeira edição da Supertaça de futebol de praia, ao vencer a Casa Benfica de Loures por 5-3, na Praia de Buarcos, na Figueira da Foz.

A formação de Loures entrou melhor e chegou primeiro à vantagem por Chiky aos 11 minutos. O Sp. Braga reagiu e deu uma (grande) volta ao marcador, em oito minutos, com golos de Filipe Silva (15), Rúben Brilhante (19), Filipe Silva (21) e Léo Martins (23).

No derradeiro período, o leiriense Bernardo Lopes (29) e Luís Henrique (35) reduziram para 4-3, mas Filipe Silva – a figura do encontro – fechou o marcador com o 5-3.

O leiriense Bernardo Lopes, em declarações à FPF, fez a análise do jogo, após o apito final: “Entrámos bem e conseguimos colocar-nos em vantagem primeiro. O Sp. Braga impôs o seu jogo no 2.º período e acabou por dar a volta. Tivemos alguns momentos de desconcentração. Ainda fomos atrás do resultado, mas não foi a tempo. Podem contar connosco esta temporada”.

(Artigo atualizado às 23h50, com referência ao atleta Diogo Oliveira, do Sp. Braga, e Tomás Seixas, da Casa do Benfica de Loures)

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar