Assinar
Nazaré

Município da Nazaré instala barreiras de proteção junto ao Forte de São Miguel Arcanjo

A intervenção pretende dissuadir a aproximação de pessoas às arribas.

As barreiras têm uma extensão de 200 metros CM Nazaré

Foi ao longo de 200 metros que o município da Nazaré instalou barreiras de proteção nas arribas que dão acesso ao Forte de São Miguel Arcanjo.

Segundo uma nota de imprensa, a intervenção foi efetuada no final da passada semana e pretende ter “um efeito dissuasor da aproximação de pessoas a áreas sensíveis, minimizando o risco de acidentes e incidentes”.

Aquela zona é conhecida por atrair muitos visitantes, principalmente em dias em que é possível observar as ondas gigantes da Praia do Norte.

“Não sendo uma área sob a jurisdição do Município da Nazaré, tínhamos necessidade de implementar estas barreiras. Tendo em conta o histórico e a afluência de pessoas ao local, achámos que seria importante implementar estas medidas, feitas com o consentimento da Agência Portuguesa do Ambiente”, explica o vereador do Ambiente e Proteção, Orlando Rodrigues, citado na nota.

Esta foi a primeira intervenção de “um projeto que não está fechado” e se insere “no plano de ação que visa a reabilitação daquele espaço”.

“Na nossa opinião, resolve uma parte do problema. É necessário para a prevenção e limitação da aproximação de pessoas às arribas”, completa Orlando Rodrigues.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.