Assinar
Porto de Mós

Prisão preventiva para jovem de Porto de Mós reincidente em violência doméstica

Este não terá sido o primeiro caso desta natureza em que o suspeito se viu envolvido

Um jovem, de 27 anos de idade, foi detido por ser suspeito de um caso de violência doméstica, no concelho de Porto de Mós.

A detenção ocorreu na última quarta-feira e foi hoje divulgada pela GNR que revelou que o homem vai ficar em prisão preventiva. É que este não terá sido o primeiro caso desta natureza em que se viu envolvido.

Em comunicado, aquela força adianta que foi no decorrer de “uma investigação por violência doméstica” que os “militares da Guarda apuraram que o suspeito infligiu maus-tratos verbais, psicológicos e ameaças, durante a relação de cinco anos, contra a vítima, sua companheira de 24 anos”.

Acrescenta a GNR que foi igualmente “possível apurar-se que o agressor chegou mesmo a agredir a vítima fisicamente, incluindo na presença dos seus três filhos menores”.

As autoridades revelam ainda que o homem detido, já tinha antecedentes criminais “pelo mesmo tipo de ilícitos e sobre os quais foi condenado”.

O suspeito foi ontem, dia 26, presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Leiria, “tendo sido sujeito a prisão preventiva”, avança a GNR.

Tenha acesso ilimitado a todos os conteúdos do site e à edição semanal em formato digital.

Se já é assinante, entre com a sua conta. Entrar