Assinar
Leiria

Gestão e inclusão em debate esta quinta-feira no Politécnico de Leiria

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão promove às 16h30 a 26ª Conferência de Gestão e às 19 horas acontece uma sessão “INclusive” em formato online.

O Politécnico de Leiria promove esta quinta-feira a 26ª Conferência de Gestão e mais uma sessão dos ciclos “INclusive”.

“Logística, uma aliada da Gestão?” é o mote da conferência que começa às 16h30, no auditório 1 da Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG), e aborda a importância da logística para o sucesso das organizações e operações.

A sessão de abertura está a cargo de Marisa Dinis, subdiretora da escola, seguindo-se uma conversa entre Carlos Rodrigues (diretor de Logística das Fábricas Lusitana) e Carlos Guerra (Comandante Operacional Distrital e especialista em Logística em Emergência). A moderação está a cargo de Henrique Carvalho (diretor executivo da Nerlei).

Às 18h30 arranca o segundo painel da conferência com a participação de Júlio Timula (diretor de Logística Centro do Grupo Jerónimo Martins), Carlos Penha Gonçalves (coronel do Exército e responsável de logística na task force de vacinação contra a Covid-19). A conversa é moderada por Vítor Ferreira (professor da ESTG e diretor-geral da Startup Leiria).

Organizado pelos mestrados em Controlo de Gestão e em Gestão, o seminário carece de inscrição prévia aqui.

ESECS debate inclusão das crianças

A partir das 19 horas, no plano digital via Zoom, a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS) dinamiza mais uma sessão dos ciclos “INclusive”, desta vez dedicada ao tema “Crescer Criança”.

Promovida pelo mestrado em Comunicação Acessível, a sessão tem como objetivo potenciar a discussão em torno da inclusão das crianças, relembrando que “cada criança é única e especial”, pelo que “deve ser respeitada enquanto ser humano com direitos iguais aos demais”, evidencia Ana Bichinho, uma das organizadoras do evento, citada em comunicado.

Sónia Santos, também organizadora, defende que muitas crianças “continuam a ser discriminadas em função das características pessoais, vendo-se privadas de participar em diversos contextos da vida diária”. Daí a importância desta iniciativa para “desmistificar crenças”.

A sessão conta com a presença de Luzia Lima-Rodrigues (docente e investigadora da Universidade Lusófona e do Politécnico de Setúbal), e os testemunhos de Pedro Almeida (menino de seis anos com deficiência visual) e a mãe Dídia Lourenço (presidente da Associação Bengala Mágica e professora na Escola Superior de Educação Jean Piaget).

“INclusive – Ciclos de Inclusão” é uma iniciativa criada por professores e estudantes que se realiza exclusivamente em formato online, na primeira quinta-feira de cada mês.

O objetivo passa por “debater e alertar para temas ligados à comunicação acessível, à inclusão e às acessibilidades”, explica o Politécnico de Leiria na mesma nota de imprensa.

No âmbito do INclusive foram já promovidas cinco sessões sobre turismo acessível, desporto inclusivo, questões de género, surdez e a acessibilidade nos museus.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos relacionados

Subscreva!

Newsletters RL

Saber mais

Ao subscrever está a indicar que leu e compreendeu a nossa Política de Privacidade e Termos de uso.

Artigos de opinião relacionados