O ambiente cultural e de convívio é o cenário para a restauração que se especializou em almoços de cozinha regional. Fixa é a fórmula de menu diário, onde a influência típica e o trato caseiro aparecem de segunda a sábado através de sopa, prato, café e bebida – com opção de sobremesa ou sem –, apesar da receita principal ser habitualmente uma surpresa. O mistério acaba aos domingos quando já é da praxe o bacalhau à casa e o ensopado de borrego. Na vertente doce as opções surgem em alternância e quantidade: de pudim a doce da casa, passando por salada de frutas e mousse de chocolate.