Aberta em 1984, a casa mantém a fama que tradicionalmente inicia os trabalhos com um tabuleiro de entradas típicas. Nele consta uma combinação de sabores nacionais, distribuídos em tacinhas de favas, moelas, orelha de porco, polvo e mexilhão. Pode, contudo, ficar-se apenas pela simplicidade do couvert, com queijos e enchidos. Do receituário principal, servido no amplo salão de inspiração rústica, os clássicos da casa são as migas de bacalhau na côdea, o novilho à lagareiro e as espetadas de carne com gambas. Caso o objetivo seja de celebração, há também seleção de menus especiais para eventos.