Select Page

Ana Estrada fala dos minutos que destruiram o Haiti

Ana Estrada fala dos minutos que destruiram o Haiti

“A terra nunca mais parava de tremer… havia muitas dúvidas, muitas questões que em jeito de flash ocorriam: “quanto mais tempo temos de nos aguentar?! Quanto mais tempo esta mesa vai resistir?!”, “que mais posso fazer para me proteger?”, “quando é que vai parar?!”. Estes foram os primeiros pensamentos de Ana Estrada, quando ocorreu o sismo, no Haiti, no dia 12 de Janeiro.

Ana Estrada, psicóloga e bombeira nos Voluntários de Vieira de Leiria, acompanhava, como voluntária, uma missão da Nações Unidas naquele país. Chegara dois dias antes da terra tremer, depois de umas férias em Portugal.

Numa entrevista à Câmara Municipal da Marinha Grande, disponível no site da autarquia, a jovem sobrevivente, residente em Vieira de Leiria, descreve os minutos que se seguiram ao tremor de terra e o drama que encontrou quando saiu dos escombros.

(fotografia: Câmara Municipal da Marinha Grande)

1 Comentário

  1. candida Batista

    Distinta Senhora Doutora : creia que como telespectadora, da Tvi fiquei sugestionada, com a sua, grande bravura, no Haiti, como tal venho felicita-la, seu acto de bravura, e de humanidade .
    Dizendo-lhe que aqui não há colegas, como a Senhora Doutora. Infelizmente andei numa aqui na fig da foz, que me deixou completamente de rastos , e o meu caso, é bem traumático. Posso-lhe perguntar se são estas as suas colegas, deste dito século ? se me responder com humana ao meu email lhe darei meu blogue para ir ver .
    Mas se me der licença, peço a Deus sim! que a proteja hoje e sempre
    Assino-me com toda a consideração
    Cândida Batista

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Siga-nos

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Primeira Página

Pergunta da semana

A carregar

Concorda com a construção de um novo tribunal na antiga casa dos magistrados, na avenida Marquês de Pombal, em Leiria?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Semana de Moldes 2018

Share This