O que é que o prédio mais alto do mundo, Leiria e Giorgio Armani têm em comum? Le chef. Pedro Gaspar Baroso é chef de cuisine do Mediterraneo Restaurant, um dos sete restaurantes que compõem o Hotel Armani, no prédio mais alto do mundo, no Dubai – o Bruj Dubai.

“Num país em franco desenvolvimento onde se vêem mais gruas que prédios” e é possível ir à praia e fazer sky no mesmo dia, Pedro Gaspar Baroso sente-se pronto para a nova aventura.

O jovem Chef de 29 anos trabalha no primeiro de 150 e muitos andares e elogia a vista de que usufrui. “É lindíssima. Estou virado para um lago que tem um espectáculo de água gigantesco, comparado com o do Hotel Bellagio, em Las Vegas, mas dez vezes melhor”, refere.

Numa equipa com 13 nacionalidades diferentes, Pedro Gaspar Baroso conta ainda com outro português, também natural da região (Praia da Vieira) e que ocupa o cargo de “Sous Chef”. Jorge Costa é o seu
braço direito.

E como é que se chega ao Armani? A história começa numa viagem gastronómica a Milão onde Pedro Gaspar Baroso conheceu o projecto. “Fui almoçar com uns amigos a um dos melhores restaurantes japoneses do mundo, o Nobu, que fica no Edifício Armani onde vai nascer o segundo hotel da cadeia, e no fim da refeição pedi para falar com o “Chef”, que me apresentou o projecto”, explica.

Depois foi só concorrer e passar por quatro meses de selecção, até ser o escolhido. Pedro Gaspar Baroso
ainda se está a ambientar ao país e ao clima. “Por agora, as temperaturas estão perfeitas entre 15 e 25
graus. Talvez no Verão custe mais”, revela, acrescentando que diariamente lida com mais de 40 nacionalidades e “luta contra os horários” para ligar para Portugal.

O caminho no mundo dos pratos começou na Escola Profissional Beira Aguieira e desde então nunca mais parou. Frequentou o curso de “Alimentação para Desportistas de Alta Competição”, na Escola de Hotelaria do Estoril, cozinhou para a selecção da República Checa no Euro 2004, e trabalhou em hotéis de cinco estrelas em Sintra e no Funchal (Portugal), Tenerife (Espanha), Cannes (França), Istambul (Turquia) e Miami (Florida),
pela cadeia de hotéis Ritz Carlton.

Marina Guerra