Assinar
Sociedade

Alcobaça anuncia dispositivo para acolher peregrinos que se desloquem a Fátima

A cidade de Alcobaça vai ter um dispositivo de apoio aos peregrinos que entre 8 e 12 de Maio se desloquem a pé para o Santuário de Fátima.

A cidade de Alcobaça vai ter um dispositivo de apoio aos peregrinos que entre 8 e 12 de Maio se desloquem a pé para o Santuário de Fátima.

Segundo Mónica Baptista, vereadora da acção social da Câmara de Alcobaça, o dispositivo fica concentrado nas antigas instalações dos Bombeiros Voluntários de Alcobaça, local onde os peregrinos vão, gratuitamente, poder receber tratamento, pernoitar, tomar duche e fazer um lanche.

“Neste local, além de um profissional de saúde em permanência, um enfermeiro, vão estar bombeiros para a eventualidade de ser necessário o transporte de algum peregrino para o centro de saúde ou para o hospital da cidade”, adiantou Mónica Baptista à agência Lusa, referindo que outros voluntários vão colaborar na iniciativa.

A responsável afirmou que esta é uma é uma organização da autarquia, dos Bombeiros Voluntários de Alcobaça e do Agrupamento de Escuteiros local, e tem como parceiros várias empresas e entidades que disponibilizam produtos de tratamento e equipamentos de saúde, assim como a alimentação dos peregrinos.

Mónica Batista declarou que com esta iniciativa a organização propõe-se “reduzir a elevada afluência” ao serviço de urgências do hospital local, incluído no Centro Hospitalar Oeste Norte, que habitualmente se regista por ocasião das grandes peregrinações ao Santuário de Fátima devido ao número de fiéis que se desloca a pé e necessita de tratamento.

Acreditando que “largas centenas” de pessoas irão passar pelo antigo espaço da corporação onde “dezenas de voluntários vão prestar apoio”, a vereadora pede aos grupos que estejam a preparar a visita ao santuário e que pretendam usar o espaço naquele período que o comuniquem previamente ao município, aos bombeiros ou aos escuteiros, por uma questão de logística.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.