Assinar
Sociedade

Trabalhadores da Função Pública prometem luta em Leiria

Seis dezenas de trabalhadores da Função Pública prometeram esta tarde, em Leiria, lutar contra os ataques do Governo aos seus direitos. O próximo protesto está agendado para 29 de Maio, em Lisboa.

Seis dezenas de trabalhadores da Função Pública prometeram esta tarde, em Leiria, lutar contra os ataques do Governo aos seus direitos. No plenário realizado junto ao Banco de Portugal, aprovaram resolução que entregaram ao governador civil do distrito.

Professores, enfermeiros, funcionários da administração pública central e local uniram-se em protesto contra o congelamento dos salários e pensões, as alteração das regras da aposentação,  os cortes nas prestações sociais, o aumento da carga fiscal e as privatizações.

Elisa Pinto, Manuel Pereira,  Dina Mendonça, Vítor Januário e Ana Rita Carvalhais, dirigentes sindicais, não pouparam críticas ao Plano de Estabilidade e Crescimento e ao Orçamento de Estado, à estagnação na progressão na carreira, à mobilidade especial, ao Sistema de Avaliação do Desempenho da Administração Pública, como também aos recuos do Governo nas negociações com os enfermeiros, ao modelo de avaliação dos professores e às exigências, cada vez maiores feitas, aos docentes.

A iniciativa partiu da Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública que tem percorrido as capitais de distrito do país na última semana, apelando à união dos trabalhadores e à participação de todos nas próximas manifestações, nomeadamente no protesto agendado para dia 29 de Maio, em Lisboa.

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.