Assinar Edições Digitais
Desporto

Rip Curl Portugal quer circuito mundial de surf em Peniche “todos os anos”

O director de marketing da Rip Curl Portugal, Francisco Spínola, manifestou a intenção de manter Peniche e, “especialmente”, a praia dos Supertubos “todos os anos” no Circuito Mundial ASP de surf.

O director de marketing da Rip Curl Portugal, Francisco Spínola, manifestou a intenção de manter Peniche e, “especialmente”, a praia dos Supertubos “todos os anos” no Circuito Mundial ASP de surf.

“Estamos muito felizes por estar a realizar este evento novamente. Queremos continuar a fazê-lo todos os anos. É muito encorajador ver o quanto os surfistas, os media e o público apreciam o facto de que os melhores surfistas do mundo, masculinos e femininos, venham surfar as ondas do nosso país”, afirmou Francisco Spínola, também coordenador do Rip Curl Pro.

Depois de ter integrado o calendário do Circuito Mundial em 2009, através da única licença dinâmica atribuída pela ASP batizada de “The Search”, Peniche vai voltar a receber a “elite” do surf Mundial, de 07 a 18 de outubro, na oitava etapa da competição, e, novamente, em 2011.

Em dezembro de 2009, a Rip Curl recebeu uma licença extra e comprometeu-se a colocar Peniche no circuito, em 2010 e 2011, num acordo com opção de renovação por mais nove anos.

Garantindo a motivação para organizar novamente a prova, Francisco Spínola considera que Supertubos dispõe de “uma onda de classe mundial”, apontando, esta praia, como “um dos melhores ‘beach breaks’ do mundo”.

Segundo a organização, o Rip Curl Pro Search 2009 contou com uma assistência, nas praias onde decorreu, de mais de 100 mil pessoas, contabilizando ainda seis milhões de visualizações no site oficial da prova na Internet, dos quais 1,5 milhões foram utilizadores únicos.

A prova, referente à nona etapa do Circuito de 2009, foi ganha pelo australiano Mick Faning, que viria a sagrar-se campeão do Mundo pela segunda vez, ao bater na final o compatriota Bebe Durbidge.