Assinar
Sociedade

Associação de Defesa contra construção na encosta da Pederneira na Nazaré

A Associação de Defesa da Nazaré manifestou-se sexta-feira contra qualquer construção na encosta da Pederneira onde a autarquia defende a implantação de projetos turísticos de baixa densidade.

A Associação de Defesa da Nazaré manifestou-se sexta-feira contra qualquer construção na encosta da Pederneira onde a autarquia defende a implantação de projetos turísticos de baixa densidade.
“Reunimos hoje com o presidente da câmara [Jorge Barroso, PSD] e manifestámos a nossa preocupação de que a declaração de princípio aprovada pelo executivo, mostrando favorável ao surgimento de projetos de qualidade, abra caminho a um atendo urbanístico” disse à Nelson Quico, presidente da Associação de Defesa da Nazaré (ADN).

A posição da ADN surge depois de o executivo ter aprovado por unanimidade uma deliberação favorável à construção de uma unidade hoteleira na encosta da Pederneira, área para a qual está em execução um Plano de Pormenor adjudicado à empresa responsável pelo Plano Diretor Municipal (PDM) do município.

Num comunicado divulgado à imprensa a associação defende que a encosta da Pederneira deve ser mantida como “parte integrante de um corredor ecológico” e salvaguardado o “inegável valor paisagístico”.

O presidente da autarquia, Jorge Barroso, assegura que a preservação daquela área natural “é também uma preocupação da câmara” que defende para o local “apenas projetos de alta qualidade”.

Para a encosta, acrescenta o presidente, apenas serão aprovados “investimentos de muito baixa densidade, que criem postos de trabalho na área do turismo e que permitam o recobrimento florestal”.

A ADN defende por seu lado que “ o propalado desenvolvimento económico não pode ser feito à custa dos valores ambientais” .

No comunicado enviado às redações a ADN afirma que “o turismo não deve servir de caução para a destruição paisagística da Nazaré” cujo progresso consideram passar não pela construção de hotéis de cinco estrelas, marinas e campos de golfe, mas antes

Pela preservação da identidade cultural, valorização do património natural e qualificação das camas turísticas já existentes.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.