Assinar
Desporto

União de Leiria critica “posso, quero e mando” de árbitro assistente

A SAD da União de Leiria vai solicitar à Comissão de Arbitragem uma audiência para expor a sua posição perante o comportamento do árbitro assistente Vítor Carvalho, no último jogo com o Beira-Mar.

A SAD da União de Leiria vai solicitar à Comissão de Arbitragem uma audiência para expor a sua posição perante o comportamento do árbitro assistente Vítor Carvalho, no último jogo da União de Leiria – Beira-Mar.

Foto de arquivo

“O árbitro assistente, Vitor Carvalho tudo fez, desde o inicio do jogo, para criar um ambiente insustentável (…), provocando acintosamente quer o treinador principal, quer o seu adjunto, jogadores suplentes e até os responsáveis pelo departamento médico”, pode ler-se no comunicado do clube, publicado na sua página na internet.

O mesmo documento acusa ainda o elemento da equipa de arbitragem de Hugo Pacheco de se ter dirigido ao banco da União de Leiria, ao longo de todo o jogo, de forma grosseira, utilizando “expressões ofensivas e de carácter extremamente vulgar”.

Recorde-se que, aos 84 minutos, Pedro Caixinha, treinador da União de Leiria, foi expulso do banco de suplentes, após indicação do árbitro auxiliar ao juiz da partida. Em conferência de imprensa, o técnico disse desconhecer os motivos da sua expulsão. “Estou incrédulo porque é que fui expulso”, afirmou.

“O aludido personagem, no alto do seu pedestal temporário, continuou a apregoar a sua má educação durante todo o desafio (…) Recusamo-nos a aceitar que pelo facto de se ser árbitro e enquanto dura uma partida de futebol, tal posição permita a alguém o “posso, quero e mando”. A União de Leiria não admite nem admitirá nunca tais condutas”, refere ainda o comunicado.

Leia o documento na íntegra aqui.

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.