Assinar Edições Digitais
Sociedade

Polícia Judiciária deteve homem suspeito de ter incendiado restaurante em S. Martinho do Porto

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou a detenção de um homem suspeito de ter incendiado na segunda-feira, 21 de Março, um restaurante em São Martinho do Porto, no concelho de Alcobaça, na sequência do qual ocorreram danos.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou a detenção de um homem suspeito de ter incendiado na segunda-feira, 21 de Março, um restaurante em São Martinho do Porto, no concelho de Alcobaça, na sequência do qual ocorreram danos.

Em comunicado, o Departamento de Investigação Criminal de Leiria da PJ adianta que o fogo “não teve maiores proporções face à rápida intervenção dos bombeiros locais”.

O arguido, suspeito de ser o autor material de um crime de incêndio urbano, “terá agido num quadro de conflituosidade com o responsável pelo estabelecimento”, acrescenta o comunicado.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que o arguido mantinha com a pessoa que explora o restaurante, do qual chegou a ser proprietário, “um conflito há vários anos”, tendo corrido, em tribunal, um processo relacionado com esta situação.

A mesma fonte explicou que o arguido terá ateado o incêndio com recurso a combustível, não estando ainda apurado o valor dos danos causados.

O suspeito foi presente no Tribunal Judicial de Alcobaça a primeiro interrogatório judicial para a eventual aplicação de outras medidas de coação.