Assinar Edições Digitais
Desporto

Falhou tentativa de acordo entre U. Leiria e Câmara para utilização do estádio municipal

A União de Leiria continua sem campo para jogar a Liga de futebol 2011/12 depois de hoje ter fracassado nova tentativa para tentar um acordo entre SAD, Câmara de Leiria, Leirisport, que gerem o Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa.

A União de Leiria continua sem campo para jogar a Liga de futebol 2011/12 depois de hoje ter fracassado nova tentativa para tentar um acordo entre SAD, Câmara de Leiria, Leirisport, que gerem o Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa.

Fonte ligada ao processo disse à Lusa que, na reunião entre as partes, que decorreu de manhã no Salão Nobre dos Paços de Concelho, nem a presença de Fernando Gomes, presidente da Liga de clubes, ajudou a ultrapassar as divergências.

Câmara e empresa municipal Leirisport continuam a reclamar o pagamento de uma dívida de 250 mil euros, respeitante à utilização do estádio pela equipa leiriense na época de 2010/2011. Sem a liquidação da verba, a União de Leiria não poderá utilizar as instalações, insistem os responsáveis da autarquia e da Leirisport, que não quiseram prestar declarações no final da reunião.

A União de Leiria continua sem cumprir as exigências e, no final da reunião, o diretor-geral da SAD, Jorge Alexandre, recusou prestar declarações.

Também o presidente da Liga não falou no final do encontro em que tentou mediar as negociações.

Com a condicionante de não poder utilizar o estádio de Leiria, o plantel da União de Leiria realizou hoje à tarde alguns testes médicos. O início da preparação está agendado para a manhã de terça-feira, no campo da Bidoeira, uma das freguesias do concelho de Leiria.