Assinar
Sociedade

Obras em S. Pedro de Moel arrancam com a época balnear

O verão começou algo conturbado naquela que é uma das praias de referência da região. Máquinas pesadas invadiram o areal, que ficou um pouco mais limitado em nome da segurança.

Maquinaria pesada a carregar pedras, uma vedação metálica a separar as areias, um areal mais reduzido, ruas fechadas ao trânsito. É este o cenário que espera os veraneantes este ano na praia de S. Pedro de Moel. Ainda assim, os comerciantes, certos de que as obras de contenção das arribas são necessárias, alimentam a expectativa de uma época balnear concorrida.

É o caso de Fernando Anunciação, sócio-gerente do Café da Praia, que manifesta algum otimismo e diz não temer a fuga dos veraneantes para as praias vizinhas.

“O areal está a nosso favor, temos uma praia convidativa”, nota, referindo a urgência das obras. “É uma realidade. Quanto mais cedo melhor para podermos ter uma praia mais segura para o ano”.

O empresário diz-se ainda satisfeito pelo facto de a praça Afonso Lopes Vieira, inicialmente indicada para receber o estaleiro de obras, ficar liberta, decisão que irá permitir a realização das festas tradicionais na zona baixa da localidade. Por outro lado, sublinha, numa reunião de esclarecimento, a população foi informada de que as obras seriam suspensas nos fins de semana.

Embora admita que as obras poderão prejudicar “algum negócio”, José Mendes, do restaurante Ponto de Encontro, diz-se a favor das obras.

“Penso que haverá repercussão mas são necessárias”, acrescenta, confiante de que a praia sairá beneficiada num futuro próximo.

Leia a reportagem na íntegra na página 8 da edição de 22 de junho de 2012.

Martine Rainho
martine.rainho@regiaodeleiria.pt
Joaquim Dâmaso
joaquim.damado@regiaodeleiria.pt

Apoie o REGIÃO DE LEIRIA

Se chegou até aqui é porque este é um texto que lhe interessa. Por detrás dele há uma equipa e um conjunto de recursos que custam dinheiro e que, para continuarem a existir, precisam da sua ajuda. Gostávamos de lhe explicar como.