Assinar Edições Digitais
Sociedade

Município da Batalha reclama estátua moçambicana de Mouzinho

Há vinte anos que a Batalha aguarda pela vinda de Moçambique de uma estátua equestre de Mouzinho de Albuquerque, herói militar português, natural do concelho.

Há vinte anos que a Batalha aguarda pela vinda de Moçambique de uma estátua equestre de Mouzinho de Albuquerque, herói militar português, natural do concelho.

Estátua do militar natural da Batalha está em Maputo

Os esforços nesse sentido ainda não deram frutos, mas o município não desiste. Isso mesmo assegurou Carlos Henriques, vice-presidente da autarquia, em mais uma homenagem a Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque, levada a cabo em julho pelo município e a Escola Prática de Cavalaria.

O autarca revelou que o objetivo passava por colocar na praça da Batalha batizada com o nome do militar “a estátua equestre que durante muitos anos teve o seu lugar na praça Mouzinho de Albuquerque, em Maputo. Hoje essa estátua está no átrio da fortaleza de Nossa Senhora da Conceição”, também na capital moçambicana.

Em 1992, o executivo camarário “envidou todos os esforços junto da embaixada de Moçambique em Portugal e junto do governo moçambicano, para que fosse possibilitada a vinda da estátua para a Batalha”, revelou.

Contudo, essas diligências não tiveram resultado prático. Ainda assim, “continuamos a acreditar que um dia será possível”, frisou Carlos Henriques que agradeceu a todos os que têm motivado a autarquia a desenvolver os esforços necessários para que Mouzinho de Albuquerque tenha “a homenagem a que tem direito”.

(Notícia publicada na edição de 27 de julho de 2012)

Carlos S. Almeida
carlos.almeida@regiaodeleiria.pt