Assinar Edições Digitais


Mercado

Supermercados Ponto Fresco encerrados por falta de energia

As lojas Ponto Fresco em Leiria estão encerradas por falta de energia elétrica, depois de a EDP ter cortado o serviço, de acordo com um grupo de trabalhadores da rede de supermercados.

As lojas Ponto Fresco em Leiria estão encerradas por falta de energia elétrica, depois de a EDP ter cortado o serviço, de acordo com um grupo de trabalhadores da rede de supermercados.

Com excepção do Telheiro, todos os pontos de venda no concelho se encontram fechados, enquanto os serviços centrais e armazém nos Pousos funcionam com recurso a um gerador, disse a mesma fonte.

Um papel afixado na porta informa que os supermercados estão temporariamente encerrados devido a motivos técnicos, confirmou o REGIÃO DE LEIRIA no local.

Segundo os trabalhadores, também em Pombal, na Avenida Heróis do Ultramar, a eletricidade foi cortada, por falta de pagamento à EDP.

Os supermercados Ponto Fresco estão há mais de um ano numa situação financeira delicada, tendo a administração interposto, no Tribunal do Comércio de Lisboa, um processo de recuperação. Entretanto, sucedem-se os pedidos de insovência contra a empresa, incluindo dos próprios trabalhadores. Já este mês, foi nomeado um administrador judicial provisório.

Além de Alcobaça, Nazaré, Louriçal, Mira de Aire e Porto de Mós, as dificuldades já tinham levado ao encerramento de três lojas em Leiria (Rua Duarte Pacheco, Cruz da Areia e Rua Mouzinho de Albuquerque), mas mantinham-se em funcionamento até esta semana as unidades da Gândara, Avenida Heróis de Angola, Telheiro e Rua da Restauração.

A rede Ponto Fresco pertence ao Grupo GCT, que em 2007 adquiriu a cooperativa Ulmar.