Select Page

Pensamentos avulsos: “Fade In” Rules!

Pensamentos avulsos: “Fade In” Rules!
Cláudio Tereso, técnico de informática claudio@claudiotereso.com

Foi em 2005, mas lembro-me como se fosse ontem. Eu e a João na esplanada do café do Mercado de Sant’Ana a apreciar a movimentação que se fazia sentir antes das portas abrirem para o concerto da “the Living Jarboe”. Na altura, o nosso conhecimento musical tinha ares de insípido e estávamos hesitantes se havíamos ou não de ir ao concerto. Não fazíamos a mínima ideia do que sairia dali e a dúvida sobre como classificar o tipo de música, por parte de um antigo colega de escola que ia ao concerto, deixou-nos ainda mais apreensivos. Afinal que raio de concerto era aquele que não tinha classificação possível?

Foi o nosso primeiro concerto da Fade In. Agora, passados mais de trinta, segundo as contas dos bilhetes na parede, já aprendi que há estilos difíceis de classificar e que isso até nem sequer é importante. Já ouvi e vi de tudo um pouco graças à Fade In, quase sempre sem saber ao que ia. Alguns estão na minha lista de concertos favoritos, outros simplesmente gostei e uns poucos nem por isso. Mas nunca fiquei com a sensação de que mais valia ter ficado em casa, mesmo não se gostando, há sempre algo positivo que fica.

Escrevo na véspera de ser anunciado o cartaz para o EntreMuralhas 2013. Estou certo que não vou conhecer a maioria das bandas, mas não estou preocupado. A Fade In sabe o que vale a pena ouvir e só não estarei presente se não puder.

(texto publicado a 23 de novembro de 2012)

2 Comentários

  1. Leitor Leiriense

    O que torna mais dificil de ver diariamente é o desalentos dos funcionários e a comunicação que tem por dever informar e formar ideias sobre uma pessoa ( J. Calvete ) que nada fez durante este processo todo, ( como relantam os colaboradores ) .
    Não estou a pedir que a R. L. faça algo para solucionar, mas sim como credito que tem na comunicação social, deveria expor todo este processo mesmo que a Ponto Fresco não diga qualquer palavra…
    É triste ver uma "casa" daquelas a ser apagada diariamente e não haver jornalista interessado e falar com o J. Calvete e Carlos Salgado..,

    Assim deixo o meu comentário, de forma que o Povo Leiriense merece mais atenção da vossa Parte.

    Responder
  2. Leitor Leiriense

    A Região de Leiria, intitula-se como um jornal de qualidade, e é o que a maioria do povo leiriense pensa, inclusive a minha pessoa…
    Apesar deste "gostar" da Região Leiria, não poderei deixar de expor o meu desalento como utente e consumidor do Regiao e Supermercados Ponto Fresco…
    Pois não vejo a R. L. a procurar as verdades sobre a situação dos Supermercados Ponto Fresco, inclusive sobre o Sr. Jorge Calve, Administrador Judicial que por sua vez foi nomeado para dar uma solução e não adiar uma solução…

    Responder

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Primeira Página

Pergunta da Semana

A carregar

Concorda que a Agência Mundial Antidopagem tenha proibido a Rússia, durante quatro anos, de participar em todas as competições desportivas globais?

Obrigado pelo seu voto!
Já votou nesta pergunta!
Selecione uma das opções!

Publicidade

Newsletter Região de Leiria

app repórter no mundo