São muitos os troféus e faixas de campeões alcançados ao longo dos últimos anos pela Juventude Vidigalense (JV). Mostrar os seus feitos à população é o próximo passo do clube nacional de atletismo com mais atletas filiados, com a abertura do Museu JV.

Foto de arquivo: Pedro Jerónimo

Daniel Pereira, eleito recentemente presidente da direção do emblema vidigalense, manifestou o seu desejo na cerimónia de tomada de posse, defendendo que gostava de ver o projeto concretizado no próximo biénio.

“Há um património material e imaterial extenso e muito importante do ponto de vista pedagógico que está ligado à história do clube. Esse património merece estar exposto e ser do conhecimento das pessoas. Traduz o esforço, a dedicação e o suor de todos quantos passaram no clube e levaram o nome da Juventude Vidigalense mais além”, afirma o dirigente.

Por agora, o local onde será instalado o museu ainda não está definido, mas a escolha deverá recair na cidade de Leiria ou em Vidigal, freguesia de Pousos, localidade onde o clube nasceu. “Demos o primeiro passo e procurámos alguém com experiência que nos ajude a estruturar o museu como um local digno, de fácil acesso e que não caía no exagero”, acrescenta, confessando que muitos dos troféus alcançados “estão encaixotados” por falta de espaço.

Os novos órgãos sociais da JV trazem consigo outras duas novidades: o conselho consultivo e o conselho científico. O primeiro já existiu anteriormente e é constituído por um grupo de figuras ilustres da comunidade leiriense, ligadas à modalidade, ao clube e à cidade. O segundo trata-se de uma estreia: no clube e no país. “Há clubes lá fora que já utilizam a massa crítica para tentar ter mais rendimentos e melhores resultados. Em Portugal, somos pioneiros e vamos criar um grupo de investigadores, nas áreas de Ciências de Desporto, para um acompanhamento mais próximo do fenómeno JV”, explica Pedro Mouroço, coordenador do órgão.

Nutrição, fisioterapia, controlo e aprendizagem motora, coaching desportivo, saúde e performance desportiva serão alguns dos dossiês abordados que, em conjunto com os treinadores e atletas, procurarão dar uma maior rentabilidade aos atletas.

Leia o trabalho completo na edição de 28 de dezembro de 2012.