Assinar Edições Digitais
Sociedade

Grupo do Facebook cria Confraria da Caldeirada Nazarena

Dá pelo nome de Confraria da Caldeirada Nazarena a mais recente associação criada na Nazaré, que pretende apoiar e promover o pescado nazareno e, em particular, a caldeirada.

Dá pelo nome de Confraria da Caldeirada Nazarena a mais recente associação criada na Nazaré. Reunida pela primeira vez no último sábado, dia 2 de março, a Confraria da Caldeirada Nazarena (CCN) diz-se uma “associação aberta, sem personalidade jurídica nem fins lucrativos, de tipologia informal, que apoia e promove o pescado nazareno e em particular a caldeirada nazarena”.

Caldeirada nazarena

Como símbolo, a CCN usa o barrete preto do pescador com uma inscrição ainda a definir. O ato formal de constituição foi a assembleia geral de sábado, no decorrer de um jantar no restaurante São Miguel em que os membros fundadores, 24 no total, “assumiram os princípios e os objetivos da associação”.

A Confraria pretende reunir-se de dois em dois meses em assembleia geral, isto é, num jantar de caldeirada ou outro prato de peixe da costa da Nazaré, e em restaurantes diferentes. De cada jantar é elaborada a respetiva ata e feita a votação secreta sobre a qualidade da caldeirada. No fim do ano, é premiado o melhor prato.

A iniciativa partiu de um grupo no Facebook “SerNazareno” que tem hoje cerca de 300 membros e foi dinamizado por José Cardoso Silva.
A CCN é dirigida por um grão-mestre, auxiliado por dois escrivães e um tesoureiro. A eleição do primeiro gão-mestre recaiu sobre uma mulher, Teresa Morgado.

(Notícia publicada na edição de 7 de março de 2013)

Artur Ledesma
artur.ledesma@regiaodeleiria.pt